Mulher jovem a usar Eucerin DermoPURIFYER Cover Stick

Acne em geral: Sintomas, causas e soluções

A acne é a doença de pele mais comum nos países industrializados. Geralmente começa durante a adolescência, juntamente com as alterações hormonais e pode persistir até à idade adulta. Cerca de 80-90% dos jovens são afectados de alguma forma com imperfeições e 20-30% procura apoio médico. Há também um número crescente de adultos, especialmente mulheres, que têm acne na vida adulta.

SINAIS E SINTOMAS

O que é a acne?

Com a acne, a pele fica oleosa e com comedões abertos e fechados (pretos e brancos) no rosto e muitas vezes no pescoço, ombros, peito e costas. Na acne moderada e grave, a pele torna-se avermelhada e desenvolve pápulas e pústulas inflamadas. A acne pode ser emocionalmente perturbadora, irritantemente persistente e levar à hiperpigmentação pós-inflamatória (HPI) e/ou cicatrizes a longo prazo.

A hiperpigmentação pós-inflamatória é uma área plana de descoloração na pele e é uma resposta da pele à inflamação, tal como a acne ou a eczema, especialmente em pessoas com pele escura. Pode desaparecer ao longo do tempo, mas os tratamentos dermatológicos e procedimentos de anti-pigmentação podem ajudar.

Leia mais sobre hiperpigmentação.

Ilustração gráfica da acne.
Acne: o que acontece com a pele.
Imagem dos graus de gravidade

01 Acne leve, também conhecida como acne comedônica.

Imagem dos graus de gravidade

02 Acne moderada, também conhecida como acne papulopustulosa.

Imagem dos graus de gravidade

03 Acne severa, também conhecida acne conglobata.

Existem quatro factores principais que contribuem para a formação de acne:

01 Seborreia


Excesso de produção de sebo. Fisiologicamente, as glândulas sebáceas secregam uma substância oleosa conhecida como sebo para lubrificar o cabelo e a pele.
Uma série de factores, tais como as hormonas, o clima, certos medicamentos e a genética podem desencadear a produção de sebo.
A perturbação da secreção de sebo também pode provocar Dermatite Seborreica, uma condição cutânea inflamatória comum em que escamas brancas e amareladas aparecem nas áreas oleosas, tais como no couro cabeludo ou no interior do ouvido. Leia mais sobre a Dermatite Seborreica.

02 Hiperqueratose

A hiperqueratose (ou Hiperqueratinização) é um endurecimento da camada exterior da pele (camada córnea). As células irregulares da pele mortas, cornificadas (corneócitos) entopem o ducto e causam distúrbios ou interrompem a glândula sebácea na liberação de sebo.

Quando a pele produz uma quantidade excessiva de sebo (seborreia) e as células mortas permanecem na pele (hiperqueratose), podem acumular-se no folículo piloso e formam em conjunto um alto macio. Este alto pode inchar a parede do folículo e produzir um comedão fechado (branco) ou, se o alto está perto da superfície, um comedão aberto (cravo).

03 Colonização Microbiana
As bactérias inofensicas que vivem normalmente na pele (Propionibacteria) crescem e podem colonizar os folículos obstruídos, causando pápulas, pústulas, nódulos ou cistos.

04 Inflamação

Consequência da pele avermelhada e inflamada. Em casos graves de acne, a parede do folículo rebenta na fase tardia da inflamação. Lipídios, ácidos gordos, corneócitos, bactérias e fragmentos celulares são lançados, causando extensas e profundas inflamações no tecido adjacente.

Gráfico da Seborreia.
Seborreia.
Gráfico da Hiperqueratose.
Hiperqueratose.
Gráfico da Colonização Microbiana.
Colonização Microbiana.
Gráfico da Inflamação.
Inflamação.
Causas da acne e das imperfeições da pele.

Se ainda existe alguma confusão sobre se os sintomas são relacionados com a acne ou não, o Teste Cutâneo pode dar a resposta. Além disso, procure conselhos dermatológicos de um médico ou outro especialista da pele.

CAUSAS E DESENCADEAMENTO

Principais causas e desencadeadores da acne

As hormonas desempenham um papel importante no desenvolvimento da acne mais comum nos adolescentes (embora as pessoas de todas as idades possam ter acne). O aumento dos andrógenos em ambos os géneros, masculino e feminino, na puberdade faz com que as glândulas sebáceas produzam mais sebo do que o necessário para a pele.

Em adição à quantidade de hormonas, também se verifca um aumento da sensibilidade das glândulas sebáceas no desenvolvimento da acne.
A maioria dos casos a acne desaparece espontaneamente após a adolescência. No entanto, é necessário um tratamento eficaz para evitar a formação de cicatrizes.
As glândulas sebáceas são particularmente sensíveis às hormonas de modo que a acne adulta pode ocorrer em mulheres com condições relacionadas com hormonas, como a síndrome dos ovários policísticos. O stress também pode ser um factor desencadeador da acne em mulheres adultas.

Bactérias. Em pessoas com pele propensa à acne, o excesso de produção de sebo cria um ambiente ideal, no qual as bactérias da acne (Propionibacteriumacnes), que normalmente são inofensivas, se possam multiplicar. Isto provoca a inflamação e a formação de imperfeições vermelhas ou com pus.

Ao contrário do que alguns mitos querem fazer crer, as pessoas que sofrem de acne não são anti-higiénicas. Pelo contrário, o excesso de limpeza com produtos de limpeza agressivos provavelmente irá irritar mais a pele.

Rapaz numa posição pensativa.
A Acne pode levar a problemas emocionais. Por isso, é importante procurar conselho dermatológico na fase inicial de acne.
Bactéria da acne
A bactéria inofensiva da acne (Propionibacterium acnes) pode multiplicar-se devido à produção excessiva de sebo

Também se pensa que os genes podem afectar o risco de uma pessoa desenvolver acne. Por isso, se ambos os pais tiveram acne, existe uma probabilidade maior do seu filho desenvolver a condição.
Da mesma forma, se um ou ambos os pais tiverem acne na vida adulta, os filhos têm uma probabilidade maior de desenvolver a acne na vida adulta.

Medicação. Certos medicamentos, como os esteróides e o lítio, são conhecidos por desencadear acne em algumas pessoas.

Existem muitos mitos sobre a acne, muitos dos quais "culpam" de forma injusta o doente - como a acne ser causada pela pele suja, pela falta de higiene ou uma dieta pobre, ou ainda a acne ser contagiosa. Para além de serem falsos, estes mitos podem causar sofrimento desnecessário aos doentes que já estão a sofrer de uma confiança baixa ou baixa auto-estima. Os dermatologistas são treinados para separar os factos da ficção.

Leia mais sobre tratamentos médicos da acne
Leia mais sobre tratamentos não médicos da acne

Mulher a tomar comprimido.
Informe sempre o seu médico sobre os medicamentos actuais, quando procurar o conselho para a sua preocupação de pele.
FACTORES

Os principais factores que contribuem para a acne

Embora não sejam a causa da acne, alguns factores podem agravar os sintomas:

  • uma dieta muito rica em certos carboidratos (muito açúcar e farinha branca)
  • consumo excessivo de leite e produtos lácteos (com excepção do queijo)
  • tabagismo
  • maquilhagem que obstrui os poros
  • produtos de cuidados da pele comedogénicos
Mulher a comer chocolate.
Comer doces com açúcar pode piorar os sintomas da acne.

É importante procurar aconselhamento dermatológico nos primeiros sinais de acne e mesmo quando os sintomas são leves. Um tratamento médico eficaz pode evitar o agravamento da doença e consequências como cicatrizes.

Algumas regras gerais também devem ser seguidas:

  • Use água morna e um produto de limpeza apropriado (água muito quente ou muito fria pode agravar a acne).
  • Deixe os pontos negros curarem naturalmente (apertar pode agravá-los e deixar cicatrizes).
  • Use apenas produtos da pele não-comedogénicos.
  • Use maquilhagem não-comedogénica.
  • Remova a maquilhagem ao final do dia.
Mulher a limpar a cara.
Para todas as preocupações da pele é essencial seguir uma rotina diária de cuidados da pele com produtos adequados.
A acne é causada por uma higiene deficiente?
SOLUÇÕES

Tratar os sintomas da pele propensa à acne

Embora não exista uma "cura" para as imperfeições da pele propensa à acne, os tratamentos médicos e não médicos, podem ser muito eficazes na prevenção da formação de novas manchas e cicatrizes.

Dependendo da gravidade da acne, os doentes podem fazer uma rotina de limpeza e cuidado com a linha Eucerin DermoPURIFYER, utilizarem tratamentos médicos prescritos, como retinóides, antibióticos orais ou a combinação de ambos. Alguns tratamentos médicos causam desidratação, que pode ser melhorada com um cuidado hidratante adjuvante.

A rotina diária deve também incluir um protector solar adequado para a pele propensa à acne, como o Eucerin Sun Fluid Mattifying SPF 30/50 +.

Rotina de cuidados com a pele para a acne e a pele com impurezas.

Newsletter: Se a sua pele falasse, o que diria?

Cada pele tem a sua voz. Registe-se e ouça a sua!

My eucerin, newsletter

  • Receba conselhos sobre cuidados a ter com sua a pele e informação sobre as nossas inovações e produtos
  • Seja uma embaixadora Eucerin e teste os nossos produtos e inovações
  • Beneficie de campanhas exclusivas aos membros My Eucerin!