Mulher a tocar com a mão na maçã do rosto direita

O que pode fazer sobre a acne com medicação?

Para muitos sofredores da acne, os tratamentos sem receita simplesmente não são suficientemente eficazes. Essas pessoas geralmente sofrem com as formas mais graves de acne, de acne pápulo-pustulosa ou conglobata. A boa notícia é que os tratamentos médicos eficazes estão disponíveis mediante receita médica e quanto mais cedo o tratamento for iniciado, menor é o risco dos danos físicos e emocionais.

SINAIS E SINTOMAS

Compreenda os quatro factores da acne e as opções de tratamento médico

Antes de optar por um tratamento é importante identificar os sintomas que estão a causar a sua preocupação. Os tratamentos para a acne leve a moderada tendem a tratar um ou mais dos quatro problemas atribuídos à condição. Eles trabalham para:

  • reduzir a produção de sebo controlando a seborreia.
  • acelerar a libertação de células superficiais da pele (descamação) e, desta forma, ajudar a lidar com hiperqueratose.
  • combater a infecção bacteriana causada pela colonização microbiana.
  • reduzir a inflamação e, por sua vez, acalmar os pontos negros, as pápulas e as pústulas.

Gráfico da acne
Acne: o que acontece na pele.

Que tratamentos médicos existem?

Os medicamentos eficazes utilizados no tratamento de acne incluem:

  • retinóides tópicos
  • peróxido de benzoíla
  • antimicrobianos tópicos
  • ácido azeláico
  • antibióticos orais
  • isotretinoína oral
  • antiandrogens oral

Podem ser utilizados isoladamente ou combinados e, dependendo da gravidade dos sintomas, o dermatologista irá prescrever a medicação apropriada.

O tratamento médico da acne segue um rigoroso padrão internacional para garantir que os dermatologistas e os médicos são consistentes no tratamento. Esta orientação com base em evidências* dá aos médicos informações sobre quais os tratamentos, ou a combinação de tratamentos, a utilizar, dependendo da gravidade da acne e dos sintomas individuais. Oferece alternativas apropriadas para diferentes tipos de pele, opções e para mulheres.

Certos medicamentos de prescrição da acne não devem ser usados durante a gravidez, especialmente durante o primeiro trimestre, por isso os dermatologistas e médicos podem sugerir alternativas.

Testa com acne
A medicação para a acne depende da severidade e dos sintomas.
Mulher a tomar comprimido
Informe sempre o seu médico dos medicamentos que está a tomar para evitar uma interacção com a medicação da acne.

É importante realçar que o tratamento da acne, seja medicinal ou não-medicinal, leva tempo para surtir efeito.

Em regra geral demora entre 4 a 8 semanas, embora possa demorar até três meses e os sintomas podem piorar antes de melhorar. É fácil para os pacientes desanimarem e desistirem, por isso é importante perservar e manter a rotina, mesmo que não exista uma mudança imediata para melhor.

Tratamento médico para a acne

Efeitos secundários da medicação da acne

A medicação pode ter alguns efeitos secundários. Por exemplo, a pele seca ou a sensibilidade à luz. Estes sintomas podem ser combatidos com o uso de produtos hidratantes adjuvantes para a pele propensa a acne, como o Eucerin DermoPURIFYER Cuidado Hidratante. Pode ser usado com o tratamento médico padrão da acne para hidratar intensamente e acalmar a pele seca.

Ilustração dos efeitos secundários da medicação para a acne

* Nast, A.; Dreno, B.; Degitz, K. et al. (2012), Indicações Europeias base (S3) para oTtratamento da Acne, Jornal da Academia Europeia de Dermatologia e Venereologia, 26, p. 1-29.

CAUSAS E FACTORES

Principais causas e factores da acne

Hormonas. A maioria dos casos de acne são despoletados por uma reacção das glândulas sebáceas às hormonas andrógenas. As glândulas sebáceas respondem às hormonas através da produção excessiva de sebo.

A combinação do excesso de sebo (seborreia) e das células da pele perturbadas resulta no aumento das glândulas sebáceas aparecendo borbulhas. Estas podem ficar colonizadas por bactérias e a pele pode ficar avermelhada e inflamada.

Este processo é mais comum em adolescentes, pois é nesta faixa etária que se experimenta um aumento de andrógenos durante a puberdade. Até 90% dos adolescentes pode obter alguma forma de acne, embora geralmente esta desapareça à medida que crescem.
É possível que pessoas de todas as idades tenham acne. Até 80% dos casos de acne adulta ocorrem em mulheres que estão a passar por alterações hormonais.
Pode ocorrer durante a gravidez, a menstruação ou de uma condição relacionada com as hormonas, como a síndrome dos ovários policísticos

Gráfico Seborreia
Seborreia
Gráfico da Colonização Microbiana.
Colonização Microbiana.

Bactérias. As pessoas com acne têm tendência a ter a pele oleosa e uma tez brilhante o que proporciona um ambiente ideal para as bactérias da acne, geralmente inofensivas, (Propionibacterium acnes) se multiplicarem e causarem irritação e inflamação das glândulas.

Genética. Outra teoria sobre o facto de algumas pessoas serem mais propensas à acne do que os outras relaciona-se com a genética. Embora não seja uma condição hereditária, há alguma ligação entre a acne dos pais e o aumento da probabilidade do seu filho, ou filhos, ser afectado. Igualmente os filhos de adultos que sofrem de acne são mais propensos a desenvolver a acne adulta.

Medicação. Finalmente, pensa-se que alguns medicamentos, tais como os esteróides e o lítio, podem provocar acne em pessoas propensas à condição.

Close-up à pele
A pele oleosa tem mais tendência a ter acne do que outros tipos de pele.

Mitos do acne

Assim como as causas, existem muitos mitos sobre a acne, muitos dos quais culpam injustamente o doente. Por exemplo, não é verdade que as pessoas propensas ao acne são anti-higiénicas.
Na verdade, é mais provável que a pele seja prejudicada pelo excesso de limpeza do que por pouco.
Também não é verdade que uma dieta pobre leva a acne. Claro que uma dieta saudável é preferível, mas os alimentos gordurosos e o chocolate têm pouca influência sobre a acne.

Pessoas com a pele propensa ao acne não têm apenas uma condição física para enfrentar, também podem ser afectadas psicologicamente. A presença de pontos negros e pústulas no rosto é difícil de esconder, por isso é comum para quem sofre de acne, perder a auto-confiança e a auto-estima.

Igualmente, algumas das estratégias adoptadas para tentar esconder a doença, como o uso de maquilhagem pesada ou cobrir o rosto com cabelo, pode piorar a situação. Também, o crescimento da barba pode complicar a aplicação de medicações tópicas.

A boa notícia é que os tratamentos existem e quanto mais cedo o tratamento for aplicado, menor é o risco da duração de danos físicos e emocionais .

Leia mais sobre medicamentos para a acne em geral.
Leia mais sobre tratamentos sem medicamentos para a acne.

Homem a lavar o rosto
A limpeza exagerada pode piorar os sintomas da acne.
Mulher a aplicar maquilhagem com um pincel
Qualquer maquilhagem para peles com tendência a acne deve ser não-comedogénica para evitar a obstrução dos poros.
FACTORES

Os principais factores que contribuem para a acne

Os sintomas variam de pessoa para pessoa e algumas pessoas reagem de forma diferente aos alimentos ou ao ambiente.

Alguns dos factores mais comuns conhecidos por agravar a pele propensa à acne são:

  • comer carboidratos monossacarídeos em excesso (açúcar e farinha branca)
  • consumo elevado de leite e outros produtos lácteos (Queijo, no entanto não há nenhum factor que o prove)
  • fumar
  • produtos de cuidados da pele comedogénicos e maquilhagem
Mulher a beber leite
O consumo excessido de leite pode agravar os sintomas da acne.

É importante procurar aconselhamento dermotológico, mesmo que os sintomas sejam leves ou no estado inicial. Um tratamento médico eficaz pode prevenir que a doença se agrave e minimizar o risco de cicatrizes.

Há também uma série de regras gerais que devem ser seguidas:

  • usar água morna, não quente nem fria
  • usar cuidados da pele não-comedogénicos
  • usar maquilhagem que não obstrua os poros
  • usar um produto de limpeza apropriado antes de dormir para remover a sujidade e preparar a pele para a reabsorção de medicamentos
  • deixar os pontos negros curar naturalmente - espremer só piora

Leia mais sobre tratamentos não médicos da acne.
Mulher a aplicar maquilhagem com uma esponja
Por razões de higiene, as esponjas e as escovas de maquilhagem devem ser trocadas regularmente.
SOLUÇÕES

Tratamentos médicos para os sintomas da acne

Embora não exista uma "cura" para a acne, os sintomas podem ser tratados com terapias médicas e não médicas. Aconselha-se a intervenção médica para as formas mais graves de acne ou quando as alternativas não médicas tenham sido tentadas, mas não são eficazes.

A primeira opção de tratamento para a acne grave será o uso de um gel de uso tópico, creme ou loção.

Homem a tocar na maçã esquerda do rosto
Para todas as preocupações da pele é essencial seguir uma rotina diária de cuidados de pele com produtos adequados.

Os tratamentos médicos incluem:

  • Retinóides tópicos como a Tretinoína e a Adapaleno. Os retinóides tópicos agem na queratinização anormal e também são anti-inflamatórios, trabalhando tanto na acne comedonal como na inflamatória.
  • Peróxido de benzoíla ajuda a prevenir que a pele morta obstrua os folículos pilosos e também mata as bactérias que causam infecção.
  • Tópicos antimicrobianos (antibióticos tópicos) ajudam a matar as bactérias na pele que podem infectar os folículos pilosos obstruídos. Deve sempre ser combinado com o peróxido de benzoíla, para prevenir o desenvolvimento de resistências bacterianas.
  • Ácido azeláico é frequentemente utilizado como um tratamento alternativo para remover as células mortas da pele e matar as bactérias. Normalmente é receitado se o paciente apresentar efeitos colaterais com peróxido de benzoíla ou retinóides tópicos.

Os tratamentos tópicos podem ser combinados com comprimidos antibióticos (principalmente tetraciclinas ou eritromicina).

Caso estes não funcionem, um medicamento chamado isotretinoína pode ser prescrito. Terapias hormonais também podem ser eficazes em mulheres que têm acne, já que o estrogénio suprime a actividade das glândulas sebáceas e diminui a formação de androgénios ováricos e renais.

Como todos os medicamentos, são conhecidos efeitos secundários de medicação contra a acne. Estes podem incluir a pele seca e sensibilidade ao sol. No entanto estes efeitos podem muitas vezes ser compensados pela utilização de cuidados de hidratação adjuvante para acne-propensa pele, como Eucerin DermoPURIFYER Cuidado Hidratante.

Leia mais sobre tratamentos médicos acne
Leia mais sobre protecção solar da pele propensa à acne
Leia mais sobre a gama Eucerin DermoPURIFYER

Mulher grávida
Se estiver grávida ou se planeia engravidar procure conselhos dermatológicos sobre as opções de tratamento da acne.
Mãos a segurar comprimidos
Algumas pílulas contraceptivas podem aumentar os sintomas da acne.

Newsletter: Se a sua pele falasse, o que diria?

Cada pele tem a sua voz. Registe-se e ouça a sua!

My eucerin, newsletter

  • Receba conselhos sobre cuidados a ter com sua a pele e informação sobre as nossas inovações e produtos
  • Seja uma embaixadora Eucerin e teste os nossos produtos e inovações
  • Beneficie de campanhas exclusivas aos membros My Eucerin!