Mulher a dormir com couro cabeludo saudável

Dermatite Seborreica O que precisa saber

A Dermatite Seborreica é uma condição de pele comum, crónica e embaraçosa, que provoca escamas amareladas no couro cabeludo ou no rosto, embora também possa afectar outras áreas. O uso correcto e frequente de produtos formulados especialmente para a pele do rosto e do cabelo podem controlar esta condição ao longo da vida.

O que é Dermatite Seborreica?

A Dermatite Seborreica (também conhecida por Eczema Seborreico) é a condição médica que, em muitos casos, é a causa subjacente da caspa. Nos bebé, aparece como crosta láctea.

Até 50 % da população adulta sofre de caspa escamosa, escamas amareladas no couro cabeludo e, um número significativo, também sofre de uma condição inflamatória do couro cabeludo.

É muitas vezes acompanhada por pele avermelhada. A Dermatite Seborreica também pode ocorrer em muitas zonas diferentes da pele, como manchas de pele oleosa dentro da orelha. Outras zonas vulgarmente afectadas incluem as sobrancelhas e as pálpebras, nariz e sulco nasogeniano e meio do peito. A Dermatite Seborreica não é contagiosa ou causada por falta de higiene.

A Dermatite Seborreica nos bebés (crosta láctea) é uma condição da pele temporária e deve desaparecer à medida que a criança cresce, geralmente por volta dos 3 anos. Os sintomas são flocos de pele grossos, duros, amarelados no couro cabeludo da criança e, por vezes, nos olhos orelhas e nariz.

A Dermatite Seborreica muitas vezes resulta em escamas amareladas no couro.
A comichão é um dos sintomas mais comuns de Dermatite Seborreica.

Quais os sintomas da Dermatite Seborreica?

Os sintomas da Dermatite Seborreica que ocorrem comumente consistem em:
  • Escamas de pele - brancas e descamadas, ou amareladas, oleosas e aderentes - "caspa"
  • Lesões na pele
  • Placas que cobrem uma grande área de pele
  • Pele oleosa ou gordurosa
  • Comichão na pele - o que se pode tornar grave se a pele estiver infectada, levando a uma maior comichão e potencialmente sangramento se arranhado
  • Vermelhidão leve
  • O cabelo pode cair
Os sintomas podem aparecer como placas em grandes zonas, tais como o rosto.

O que causa a Dermatite Seborreica?

A Dermatite Seborreica ocorre quando o processo de renovação das células do couro cabeludo diminui, levando ao rápido desprendimento de células da pele, que ficam juntas para formar flocos visíveis. Este processo tem sido associado a muitas causas. Tem-se observado ser hereditário, com filhos de pessoas afectadas a serem mais susceptíveis de serem afectados. No entanto, também é conhecido por estar ligado à irritação de um fungo chamado Malassezia, que prospera em zonas da pele que são muito oleosa, causando microinflamações que levam a pele e couro cabeludo ficarem com prurido.

Outros factores, como stress físico ou emocional, alterações hormonais, má alimentação ou ingestão de álcool, fadiga, climas extremos, o uso frequente de shampoo, limpeza pobre da pele e obesidade podem aumentar o risco. Condições neurológicas, incluindo a doença de Parkinson, traumatismo craniano e acidente vascular cerebral podem ser associados com a Dermatite Seborreica. Os vírus da imunodeficiência humana (HIV) também tem sido associado ao aumento dos casos de Dermatite Seborreica.

Sinais da Dermatite Seborreica 1. A hiperproliferação da pele é desencadeada por fungos malassezia 2. Ocorrem microinflamações no couro cabeludo 3. Formam-se flocos visíveis

Como se trata a Dermatite Seborreica?

A melhor forma de reduzir a severidade da Dermatite Seborreica é através da prevenção ou controlo dos factores desencadeadores ao ficar cuidadosamente atento ao cuidado da pele do couro cabeludo.

O tratamento mais frequentemente utilizado no couro cabeludo com Dermatite Seborreica é o uso de shampoo especialmente formulados que não só ajudam a remover as escamas da pele, mas também impedem que a pele escamosa volte a formar-se.

Muitos shampoos são concebidos especificamente para a Dermatite Seborreica. Estes podem incluir qualquer um dos seguintes princípios activos; Climbazole, Piroctona Olamina, Polidocanol, agentes anti-inflamatórios tais como o ácido salicílico e resorcina, minerais tais como o zinco ou o sulfureto de selénio, ou antifúngicos tais como o cetoconazol.

Em casos graves, um dermatologista ou médico pode prescrever um antifúngico, como o cetoconazol, metronidazol ou ácido azeláico, que afecte a levedura Malassezia, ou loções que contêm corticosteróides anti- inflamatórios.

Mais recentemente, os imunomoduladores tópicos, tais como tacrolimus ou pimecrolimus, têm sido utilizados.

A Dermatite Seborreica é uma doença crónica que pode ser bem gerida com o tratamento correcto. Muitas vezes tem crises entre longos períodos de inactividade. A forma mais extrema dessa condição sobrepõe-se à Psoríase do couro cabeludo chamada Sebopsoriasis.

Consulte sempre um dermatologista se os sintomas da Dermatite Seborreica não responderem ao uso frequente de shampoos medicinais. Consulte também se as manchas da Dermatite Seborreica infectarem, aparecer líquido ou pus, ficarem em forma de crostas, tornarem-se muito vermelhas ou dolorosas.

Newsletter: Se a sua pele falasse, o que diria?

Cada pele tem a sua voz. Registe-se e ouça a sua!

My eucerin, newsletter

  • Receba conselhos sobre cuidados a ter com sua a pele e informação sobre as nossas inovações e produtos
  • Seja uma embaixadora Eucerin e teste os nossos produtos e inovações
  • Beneficie de campanhas exclusivas aos membros My Eucerin!