Dermatite Atópica no rosto Sintomas, causas e formas de controlo

A Dermatite Atópica é uma doença crónica da pele muito comum, que afecta adultos, crianças e bebés. Esta doença deixa a pele do rosto e do corpo muito seca e irritada. Normalmente, a Dermatite Atópica tem duas fases, a activa (também conhecida como "crises agudas") e a inactiva. É importante para quem sofre deste problema, proteger a pele durante as fases inactivas para prolongar os períodos até às fases activas.

SINAIS E SINTOMAS

O que é a Dermatite Atópica?

A Dermatite Atópica (ou eczema atópico) é uma doença crónica não contagiosa em que a pele do rosto e/ou corpo fica constantemente seca e irritada, provocando comichão. Por outras palavras, é uma doença inflamatória - e é também uma das que se está a tornar cada vez mais predominante, particularmente nos países ocidentais. Afecta cerca de 10% da população mundial (entre 10-20% das crianças e 2-5% dos adultos) e, ao longo dos últimos 30 anos, os casos têm crescido à volta dos 200-300%.

Bebés e crianças pequenas são normalmente os mais afectados. 90% dos pacientes apresentaram sintomas antes dos cinco anos e 80% antes dos dois. 

Em crianças pequenas e bebés, a área mais afectada da pele é o rosto, embora à medida que envelhecem, a erupção pode se espalhar para o corpo. A Dermatite Atópica no Rosto afecta todas as idades e, geralmente, aparece como manchas secas e escamosas no couro cabeludo, na testa, à volta dos olhos e atrás das orelhas. Também é muito comum aparecer nas bochechas, especialmente nos bebés. 

Os sintomas variam de pessoa para pessoa, de época para época, mesmo de dia para dia. As pessoas que sofrem desta doença descrevem duas fases distintas na pele atópica - inactivas ("intervalos") e activas (crises agudas – "flare-ups").
Ilustração da pele com sintomas de Dermatite Atópica
1. A função de barreira da pele fragilizada facilita a invasão de microorganismos 2. Activação das células imunes, inflamação 3. Comichão

Em crises agudas, os pacientes passam de uma comichão leve para intensa, a pele vermelha torna-se vermelha escura, escamada, irregular para inchada, dolorida para ligeiramente sangrenta.
Durante uma fase de intervalo, os sintomas passam de pele seca para muito seca, um pouco escamada, pele irritada (um problema também conhecido como Xerose) e a área afectada pode ter pequenas feridas cicatrizadas. 

Assim como os problemas causados pela própria irritação da pele, a Dermatite Atópica pode levar a outros problemas físicos e psicológicos, tais como a falta de sono, a discriminação, o stress e a falta de auto-confiança - especialmente no caso da Dermatite Atópica no rosto. Como resultado, os pacientes muitas vezes restringem-se às suas vidas diárias, alterando o que vestem, o que comem e as actividades em que participam. Os relacionamentos podem ainda ser afectados se o paciente se sente menos atraente por causa dos sintomas.

Perfil da mulher com pele vermelha na área da bochecha.
A Dermatite Atópica pode levar a vários problemas físicos tal como psicológicos, bem como (entre outros) a discriminação, o stress e baixa auto-confiança.
Pele escamada infectada.
Os sintomas das crises agudas são uma comichão intensa, a pele passa de vermelha para vermelha escura, escamada fica dolorida e ligeiramente sangrenta.

Pode ter Dermatite Atópica se...

  1. A sua pele é seca e avermelhada e, ao contrário da pele seca e muito seca, esta não pode ser curada, apenas controlar dos sintomas.
  2. A sua pele fica propensa a descamação, engrossada e rachada. Fica com comichão na pele e tem uma tendência para a vermelhidão e a inflamação. Isto não é só causado pela deficiência de hidratação, mas é também uma ruptura do metabolismo de ácidos gordos, que leva a um colapso da função de barreira da pele.
  3. A sua pele seca sofre crises agudas.

Se não tiver a certeza dos seus sintomas, procure o conselho de um médico ou dermatologista.

CAUSAS E EFEITOS

As potenciais causas e efeitos da Dermatite Atópica

Não há uma causa única comprovada para a Dermatite Atópica. Nem há, infelizmente, uma cura. No entanto, a prevenção das suas consequências e cuidados intensivos diários podem prolongar as fases saudáveis de pele atópica, enquanto o tratamento de crises agudas oferece alívio e recuperação rápida dos sintomas. 

Há uma série de teorias genéticas e ambientais pelas quais algumas pessoas desenvolvem Dermatite Atópica e outras não. Estas são:

  • Ligações genéticas. A Dermatite Atópica é a forma mais comum do eczema e está intimamente ligada com a asma e a febre do feno.
Se ambos os pais têm Dermatite Atópica, o seu filho tem uma hipótese de 60-80% de herdar essa doença.
  • Clima/Poluição. Viver num país desenvolvido, numa cidade (especialmente com níveis elevados de poluição) ou num clima frio parece que pode aumentar o risco. Por exemplo, as crianças jamaicanas em Londres são duas vezes mais propensas a desenvolver Dermatite Atópica do que aqueles que vivem na Jamaica.
  • Género. As mulheres são ligeiramente mais propensas a Dermatite Atópica do que os homens. 
  • Idade da mãe quando tem a criança. Quanto mais velha for a mãe, maiores são as hipóteses de uma criança desenvolver Dermatite Atópica.

Mulher a usar um inalador
Se um dos pais tem Dermatite Atópica, asma ou febre do feno, a criança tem uma probabilidade maior de contrair a doença.
Cidade poluída
Viver em áreas com níveis elevados de poluição aumenta o risco de contrair a Dermatite Atópica.
O Ciclo da Pele Atópica (também conhecido como o Ciclo Itch-Scratch)

Há quatro factores patogénicos da Dermatite Atópica:

1. Deficiência hereditária filagrina; a deficiência de factores hidratantes naturais (NMF), tais como os aminoácidos.
2. Distúrbio do metabolismo lípido epidérmico (ceramidas, colesterol e ácidos gordos livres) e formação de uma barreira lipídica prejudicial.

Estes levam à pele seca com um distúrbio da função de barreira. Então, isso faz com que seja fácil a penetração de agentes infecciosos:

3. Crescimento das bactérias (Staphylococcus aureus) e a secreção de super-antigénios.
4. Influências ambientais, tais como substâncias irritantes, alérgenos, poluição.

Pele seca e irritada resulta em inflamação e coceira. A comichão constante pode levar a um coçar constante. Isto perturba a barreira da pele, o que resulta num ambiente húmido ideal para o crescimento de bactérias. Este, por sua vez, provoca irritação e coceira e, consequentemente, inflamações. E assim o Ciclo  Atópico continua (ver ilustração).

OS FACTORES QUE CONTRIBUEM

Outros factores que contribuem

Há outras influências que podem agravar os sintomas existentes, embora estes variem de pessoa para pessoa. São eles:

  • certos alimentos e bebidas (produtos lácteos, nozes, marisco e álcool)
  • alérgenos (ácaros, pólen e/ou poeira)
  • formaldeído
  • detergentes
  • stress
  • insónias
  • suor
  • tabaco 

Leia mais sobre os factores que influenciam a pele.

Mulher olhando para baixo, pose de stress - com a mão a tocar na testa
Há outras influências, como o stress e a sonolência que podem prejudicar os sintomas da Dermatite Atópica.
SOLUÇÕES

Controlar os sintomas da Dermatite Atópica

Embora não haja uma "cura" para os sintomas da Dermatite Atópica estes podem ser controlados através de cuidados consistentes e regulares.

Emolientes

Os emolientes (também conhecidos por hidratantes) são a chave para este cuidado de pele e devem ser usados todos os dias, independentemente do paciente estar numa fase activa ou inactiva. Neles incluem loções, cremes para o rosto, pomadas e aditivos de banho/duche que oleiam a pele e ajudam a mantê-la flexível, hidratada e protegida das substâncias irritantes. Isto também ajuda a evitar a coceira e pode reduzir a frequência das crises.

O papel dos emolientes é prevenir as crises agudas da Dermatite Atópica. Isto é conhecido como os cuidados básicos.

Com Dermatite Atópica é particularmente importante que os hidratantes façam parte dos cuidados da rotina diária.

Mulhe a relaxar num banho de espuma
É recomendado usar aditivos de banho/duche, que hidratam a sua pele.
Mulher a aplicar creme na sua bochecha esquerda.
Com Dermatite Atópica no Rosto, use um hidratante diariamente.

Ingredientes-chave em emolientes podem incluir: 

  • Ácidos gordos Omega-6 de Óleo de Prímula e Óleo de Semente de Uva. Estes acalmam e nutrem a pele enquanto reabastecem a barreira protectora natural da pele. 
  • Licochalcone A (um extracto da raiz de alcaçuz). Este é um antioxidante natural, anti-inflamatória e que reduz a vermelhidão e alivia a inflamação.

Tratamentos Dermatológicos

Os tratamentos medicinais, como pomadas (geralmente com hidrocortisona), combatem os sintomas das crises e ajudam a reduzir qualquer inflamação e comichão.

Os corticosteróides são muito eficazes e de acção rápida, aliviando a comichão nos casos de crises agudas graves. No entanto, não é uma opção sustentável a longo prazo porque pode ter efeitos colaterais negativos prolongados. Além disso, não podem ser aplicados em grandes áreas da pele e perdem a eficácia com o uso contínuo.

Mulher a aplicar creme no queixo.
Quando precisa de um alívio de acção rápida, pode usar a hidrocortisona. Embora não seja recomendado para uma utilização a longo prazo.

Cuidados diários pessoais para a Dermatite Atópica no Rosto

  • Boas temperaturas, especialmente à noite, ajudam porque a transpiração provoca irritação e comichão. 
  • É melhor guardar no frigorífico os produtos de cuidados básicos, assim a aplicação de cremes e loções mais frescos oferece um maior alívio da comichão. 
  • Pode usar maquilhagem, mas é aconselhável o uso de produtos para a pele sensível. 
  • Um diário pode ajudar a perceber quais os alimentos ou bebidas que influenciam os sintomas.
  • Destinos de férias em locais de clima de terapia, tais como o Mar do Norte, o Atlântico, o Mar Morto, o Mar Mediterrâneo ou áreas de alta montanha podem ser úteis.
  • Exercícios de relaxamento como yoga e meditação podem ajuda-lo a reduzir o stress - um dos factores que pode afectar a Dermatite Atópica no Rosto. 
  • Quando ocorre comichão, é melhor acariciar a pele ao invés de coçá-la. As caricias acalmam a pele, mas não a estragam. Após o banho, massaje suavemente a pele seca, em seguida, aplique imediatamente o creme/loção. 
  • Mantenha as unhas das crianças curtas para evitar infecções através da comichão.
  • Evite irritações mecânicas, tais como esponjas duras.

Uma mulher está a escrever algo num bloco de notas
Tente controlar os seus cuidados diários tirando notas, por exemplo.
Mulher que relaxa com almofadas nos olhos.
De um ponto de vista holístico: tentar evitar o stress e relaxe (por exemplo: usar almofadas frias nos olhos) - o stress pode desencadear os sintomas da Dermatite Atópica.

Se não sabe qual o caminho de controlo a seguir, procure o conselho de um médico ou dermatologista.

Newsletter: Se a sua pele falasse, o que diria?

Cada pele tem a sua voz. Registe-se e ouça a sua!

My eucerin, newsletter

  • Receba conselhos sobre cuidados a ter com sua a pele e informação sobre as nossas inovações e produtos
  • Seja uma embaixadora Eucerin e teste os nossos produtos e inovações
  • Beneficie de campanhas exclusivas aos membros My Eucerin!